Helicóptero da Rede Record cai e piloto morre

Com informações do R7

O piloto do helicóptero da TV Record Rafael Delgado Sobrinho morreu na manhã desta quarta-feira (10) após a queda da aeronave dentro do Jockey Club, na zona sul de São Paulo. O acidente com o helicóptero "Águia Dourada", modelo Esquilo, ocorreu por volta das 7h20. Além do piloto, o cinegrafista da emissora Alexandre Silva de Moura, o Alexandre “Borracha”, ficou ferido e foi levado para o hospital Itacolomi Butantã, antigo pronto-socorro Iguatemi.

Às 7h25, o helicóptero Águia 14 foi ao local para prestar socorro. Sete equipes do Corpo de Bombeiros também seguiram para a região. Os primeiros socorros às vítimas foram prestados por funcionários do Jockey.

Informações iniciais são de que o piloto tentou fazer um pouso de emergência ao perceber que o helicóptero estava instável no ar, mas ele não conseguiu realizar a manobra e a aeronave caiu. Ainda não se sabe o motivo do acidente.

Á esquerda Rafael Delgado Sobrinho, á direita Alexandre Silva de Moura

O piloto Rafael Delgado Sobrinho tinha 45 anos. Ele trabalhou na TV Record de maio de 1999 a dezembro de 2007, retornando à emissora em outubro de 2008. Rafael deixa mulher e três filhos.

O cinegrafista Alexandre Silva de Moura tem 36 anos e é funcionário da TV Record desde abril de 2001. Atualmente, exerce a função de coordenador de sistema de TV externo. Ele é divorciado e não tem filhos.

O Record no Blog lamenta profundamente o fato, que Deus conforte a família de Rafael e de Alexandre.

1 Comentários:

10 de fevereiro de 2010 15:56 weto disse...

muito triste o que aconteceu, tem gente que fica rindo disso, mas e se fosse da família deles,será que eles tirariam deboxe, achei linda a homenagem para os dois funcionários da rede record e bate um sentimento de tristeza neste momento em mim, muito triste mesmo.