Ajude a reconstruir Santa Catarina

Caos em SC: Mais de 80.000 pessoas estão desabrigadas, o número de vítimas cresce a cada dia, cidades inteiras estão cobertas por lama, casas completamente destruídas. Assim está Santa Catarina que sofre com o pior desastre de sua história.

Por isso, toda a equipe da Rede Record - artistas, executivos, colaboradores, funcionários - se unem e pedem a sua ajuda, para que juntos, com muito esforço e colaboração, possam pouco a pouco reconstruir Santa Catarina.

O Instituto Ressoar criou uma conta para que você possa doar qualquer quantia: Banco Bradesco - Agência: 0922-9 / Conta Corrente: 2500-3 . Para saber mais sobre a campanha, e conhecer outras maneiras de ajudar com doações, acesse o site: www.ressoar.org.br/sossc

Fonte: Ressoar/Imagem: Ressoar

2 Comentários:

28 de novembro de 2008 15:52 Johnny disse...

Primeiramente cumpre informar que sou um cidadão blumenauense comum, sem curso superior e sem qualquer vocação política ou fundamentalista.
Graças a proteção divina, moro em local seguro e que apenas teve a rua alagada pela enchente. Não me falta comida, água, conforto e energia.
Primeiramente me cumpre deixar claro que esta não tem o objetivo de radicalizar e proceder a uma critica destrutiva. Bem ao contrário, o objetivo é proteger os interesses daqueles que realmente precisarão ser atendidos. Isso extende-se a Blumenau e todo o vale do itajaí, compreendido por Gaspar, Belchior, Luiz Alves, Indaial, Ilhota, Pomerode, Massranduba, além de Jaraguá do Sul, Joinville, Itajaí e imediações.
Tenho acompanhado o trabalho de toda a familia Record e Ric Record e a seriedade com que empreende seus esforços pela comunidade de Blumenau.Neste momento catastrófico que envolve toda a população brasileira solidarizada por meio de doações em roupas, alimentos e dinheiro, contamos com a vigilância dos profissionais da imprenssa para que os recursos advindos de todos os cantos sejam utilizados com responsabilidade e para a população que realmente necessita deles. Em especial ao dinheiro, até então arrecado nas contas da defesa civil do municipio, num montante acima de 1,3 milhão de reais (segundo divulgado) é necessário que se informe a população quem gerencia este dinheiro e como será distribuido. Sujiro, além de uma vigilância apurada da imprenssa, que seja colocada a disposição da sociedade um site ou outro meio de divulgação que informe quem, quando e quanto recebeu. Não podemos ficar a mercê de falsários e oportunistas. Já nos basta saber que os recursos federais serão, tão somente, direcionados à obras estruturais e não à população necessitada que perdeu tudo. Reconstruir pontes, estradas e redes de água e energia elétrica é de suma importância, porém os arrecadadores destes recursos sempre cobraram bem da população por estes serviços e estão com seus cofres bem polpudos, certamente, comprovadamente cobrado pelos altos preços dos serviços prestados (txs de água, luz, IPTU, impostos sobre serviços, etc).È fato notório que estes acontecimentos não são exclusividade do povo sulista e frequentemente vemos essa ocorrencia pelo Brasil afora, nas mais diversas catastrofes.
Não me cumpre ser sensacionalista ou irresponsável em minhas afirmações mas os números são intensamente divulgados por todos os órgãos.
A campanha iniciada pela Rede Record é muito bem vinda mas deverá ser acompanhada de perto seu gerenciamento e a entrega dos bens ou numerário aos necessitados, pois os politicos brasileiros, na sua extensa maioria, não são dignos de confiança e, certamente, não exitarão em tirar daqueles que necessitam para se privilegiarem de alguma forma.
A população de Blumenau conta com a Rede Record.
Johnny Cardoso

2 de dezembro de 2008 04:33 Araguaci disse...

Isto é realmente um assunto muito sério e todas as contas publicadas para doações deveriam ser monitoradas. O governo deve ser cobrado dos meios de comunicação sobre transparência na utilização dos recursos destinados aos que sofrem com o resultado das enchentes.