Polêmica movimenta Chamas da Vida

Chamas da Vida: Um personagem polêmico vem incendiando Chamas da Vida, a novela das 22h da Record. Trata-se do pedófilo Lipe, interpretado por André Di Mauro, que - pela Internet - se corresponde secretamente com adolescentes. "Achei que era um desafio, por se tratar de um assunto delicado, não abordado nas novelas anteriormente", diz o ator.

As cenas de estupro de Vivi (Letícia Colin) - objeto de desejo de Lipe - que foram ar em setembro, exigiram muita concentração dos atores. "Todas (as cenas) são muito difíceis, por causa da entrega emocional, mas o resultado compensa. Eu e a Letícia temos uma química muito boa", afirma.

Apesar da seriedade do tema, o ator conta ser alvo de brincadeiras devido ao personagem. "Muita gente pergunta se eu ainda não apanhei por causa do Lipe". Mas os fãs também conversam sobre a importância da novela abordar a pedofilia. "Alguns chamam os filhos para a sala, quando aparecem as cenas do Lipe".

Pelo menos por enquanto, Lipe continuará impune, na trama escrita por Cristianne Fridman, para desespero de Vivi, que sofrerá com as ameaças do pervertido.

Chamas da Vida, de segunda á sábado ás 22h15

Fonte: Portal Terra/ Imagem: Portal Terra

4 Comentários:

24 de outubro de 2008 12:50 Anônimo disse...

Chamas da Vida é um bom exemplo de novela diferente de Os Mutantes que quase ninguem gosta e é a menina dos olhos da emissora. Parabens a escritora pelo pouco espaço que tem faz milagre.

24 de outubro de 2008 12:50 Anônimo disse...

Chamas da Vida é um bom exemplo de novela diferente de Os Mutantes que quase ninguem gosta e é a menina dos olhos da emissora. Parabens a escritora pelo pouco espaço que tem faz milagre.

24 de outubro de 2008 22:46 Vicente disse...

Também gosto muito de "Chamas da Vida". Na minha opinião é a melhor novela em exibição atualmente. Essa trama envolvendo a pedofilia é um dos grandes achados da trama e os artistas envolvidos, desde a autora Cristianne Fridman, seus colaboradores, diretores e os atores/atrizes envolvidos estão de parabéns! Ponto para a Record com "Chamas da Vida"!