Chamas da Vida: Todos nós precisamos de heróis

O Record no Blog traz mais um especial, confira todos os detalhes da 12ª novela da Record.
Chamas da Vida afinal de contas todos nós precisamos de heróis!


Chamas da Vida a novela que vai botar fogo na concorrência

As chamas da paixão e da vida vão unir para sempre os destinos do bombeiro Pedro e de Carolina. Na verdade, Chamas da Vida “é uma novela em que temos as diversas chamas da vida, as chamas da paixão, do amor, do riso, do drama, da ação”, conta Cristianne Fridman, autora da nova trama da Rede Record, a 12ª desde o ano de 2004. A novela, que promete incendiar a partir de terça-feira (8) a briga pela audiência às 22h, vai botar literalmente fogo na concorrência.

Com uma história permeada de muita ação e romantismo, Chamas da Vida retrata a vida de um grupo do Corpo de Bombeiros que se arrisca diariamente para salvar a vida de outras pessoas. A trama, que promete arrasar com tomadas e seqüências de muita ação e suspense, tem ainda temas pra lá de quentes prometendo muita cena de erotismo e de sexo. Ainda assim, a novela vai também propor uma discussão racional sobre a AIDS, a pobreza, a proteção das reservas florestais brasileiras e a necessidade de inclusão de ciclovias no país. Pelo meio, teremos ainda o universo extremado e inconsequente das raves, dos rachas e das drogas sintéticas.

Ficha técnica

Uma novela de Cristianne Fridman;
Escrita por Cristianne Fridman, Camilo Pellegrini, Paula Richard, Renata Dias Gomes e Nélio Abbade;

Horário: 22h;
210 Capítulos previstos;
Direção geral de Edgard Miranda;
Direção de Rudi Lagemann e Roberto Bomtempo;
Direção geral de teledramaturgia de Hiran Silveira;
Antecessora: Amor e Intrigas, de Gisele Joras;
Sucessora: Vendetta, de Lauro César Muniz;
Rede Record, 2008.

Elenco


Leonardo Brício – Pedro Ferreira
Juliana Silveira – Carolina de Azevedo Castro

Lucinha Lins – Vilma Santos
Bruno Ferrari – Tomás Santos
Amandha Lee – Ivonete
Antônio Grassi – Walther Azevedo de Castro
Jussara Freire – Arlete Azevedo de Castro
Letícia Colin – Viviane Ferreira
Dado Dolabella – Antônio Ferreira
Juliana Lohmanm – Manuela
Giuseppe Oristânio – Roberto Oliveira
Iris Brüzzi – Vô Tuquinha
Ewerton de Castro – Britto
Marilu Bueno – Catarina

Stela Freitas – Roseclair
Nathália Rodrigues – Suelen
Roger Gobeth – Guilherme
Ana Paula Tabalipa – Raíssa
Floriano Peixoto – Miguel
Milhem Cortaz – Cazé
Raymundo de Sousa – Eurico Camargo
Gabriel Gracindo – Eurico Camargo Jr.
Lu Grimaldi – Tia Mercedes
Denise Orthis
Guilherme Leme – André
Veronica Debom – Carla

Giordanna Forte – Cínthia
Roberta Santiago – Gildete
Catarina Abdalla – Margareth
Ivone Hoffman – Odiléia
Umberto Magnani – Dionísio
Andréa Horta – Beatriz
Thiago de los Reyes – Gustavo Santos / Guga
Edward Boggis – Diego
Rafael Queiroga
Luiza Curvo – Michelle
Waldyr Gozzi – Ricardo
Vanessa Pascale – Verônica

Igor Cotrim – Jairo
Lisandra Parede – Telma
Claudiana Cotrim
Dáblio Moreira – Demorô
Vitor Hugo – Marreta

As crianças:
João Vithor – Rafael Ferreira / Rafa
Dudu Cury – Joaquim

Participação Especial:
Rodrigo Faro – Wallace

A história

Walter faz um churrasco para os funcionários de sua fábrica de sorvetes, mas é surpreendido quando fogos de artifício começam a estourar para todos os lados. As pessoas ficam assustadas e começam a correr. Tudo isso é resultado de uma brincadeira de mau gosto de Antônio, também funcionário da fábrica.

Para apagar o incêndio, uma equipe do Corpo de Bombeiros chega ao local: Pedro, Cazé, Guilherme, Wallace e Junior. Carolina, filha de Walter, filma tudo o que acontece, mas é carregada pelo bombeiro Pedro, que não a deixa se arriscar. O clima de hostilidade é quebrado quando Vó Tuquinha apresenta os dois e diz que eles se conheceram na infância em Tinguá.

Apesar de Pedro ter conseguido salvar Carolina, o bombeiro acaba por perder um de seus grandes amigos e colegas, o corajoso Wallace. Desse acontecimento, nasce o amor de Carolina e de Pedro que vai ser colocado à prova com as intrigas armadas por Vilma, mãe de Tomás. Tomás, que apenas quer se casar com Carolina para tomar parte do controle das empresas de seu pai, e de Ivonete, que luta para não perder o amor de Pedro para Carolina.

Pedro é irmão de Antônio, de Vivi e de Rafa. Antônio, que é suspeito de ter botado fogo na fábrica GG, acaba por ser manipulado pela namorada, Manu, que o incentiva a se envolver em vários assuntos pesados: rachas e drogas sintéticas. A gangue, liderado por Marreta, usa um ferro-velho para mexer em carros e usarem em “pegas de rua”.

Vó Tuquinha é a dona da pensão mais animada de Tinguá, região da Baixada Fluminense. É na casa dela por onde passam quase todos os moradores da região, sem contar que os hóspedes provocam as maiores confusões. Vó Tuquinha é paciente e atenciosa com todos, mas sua irmã, Tia Catarina, é rabugenta mesmo e fala o que quer, além de adorar escutar conversas atrás da porta. Uma das moradoras da pensão, Raíssa, é apelidada de "maria-bombeiro” e trabalha na fábrica de sorvetes GG como assistente de Roberto. Raíssa é muito amiga do soldado-bombeiro Junior, que é secretamente apaixonado por ela.

Todos nós precisamos de heróis

A Record sempre traz um slogan para cada produção, Chamas da Vida também foi lançada com um slogan: “Todos nós precisamos de heróis”, numa clara alusão ao núcleo de bombeiros que vai dominar boa parte da ação da nova trama. Apesar de Cristianne Fridman, a autora, revelar que pretendia desde o começo levar ao ar uma trama alto astral e super positiva, ela não nega que muita de sua inspiração veio do quartel do Corpo dos Bombeiros perto de sua casa. Afinal, ela conviveu com esse frenesim toda a vida.

Ainda assim, todo mundo sabe que os bombeiros são umas das instituições mais credíveis e mais bem vistas em todo o Brasil. Talvez por isso, e também pelo fato de esse ser um tema quase inédito na teledramaturgia brasileira, a Record tenha decidido apostar forte.

E é justamente num quartel dos bombeiros que se cruzam as vidas do protagonista Pedro, do soropositivo Guilherme, de Wallace, que vai morrer no começo da trama, Cazé e de Eurico Camargo e Eurico Camargo Jr. O resto fica pra ver na tela da Record.



Chamas da Vida vai botar fogo na concorrência!
Estréia nesta terça-feira (8) ás 9h45 da noite.Na tela da Record!

1 Comentários:

8 de julho de 2008 00:24 Vicente disse...

Tá faltando uma mulher nessa corporação. Será que o Corpo de Bombeiros não admite mulher em sua equipe? Taí uma sugestão para a autora. Com certeza iria movimentar muito a trama e criar situações bem divertidas e até constrangedoras no QG.
Que tal a sugestão?
Fiquei feliz de saber que o menino João Vithor estará de volta em "Chamas da Vida" (Por que não "Chamas da Paixão"?). Ele arrasou como o Quico de "Luz do Sol" e merecia, mesmo, voltar à telinha da Record.